saude

APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO COSI PORTUGAL (2016) SOBRE VIGILÂNCIA NUTRICIONAL INFANTIL

Em parceria com o INSA apresentamos no próximo dia 20 de dezembro em Lisboa. resultados da avaliação do estado nutricional de  6743 crianças de 230 escolas do 1º ciclo do Ensino Básico em Portugal Continental e ilhas, dando assim resposta ao principal desafio do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável – Ter informação de qualidade para tomar decisões de qualidade.

Undefined

Programa de promoção da atividade física 2017/18

Em Tavira, já arrancou mais uma época do Programa de Promoção da Atividade Física, uma iniciativa da autarquia, dinamizada pela Casa do Povo de Santo Estêvão.

“Infantários em movimento”, “Escola ativa”, “Todos a caminhar”, “Tavira convida a pedalar”, “Atividade física adaptada”, “Põe-te a mexer” e “Viva mais” são as ofertas que integram o Programa, através de quadros profissionais na área da educação física e desporto.

Undefined

Gorduras de risco elevado

Sugerido menos consumo de carnes vermelhas e mais consumo de óleo vegetal.

Um estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, que acompanhou 133 536 indivíduos ao longo de um mínimo de 24 anos e um máximo de 30, revela que basta a substituição de uma pequena (cinco por cento) quantidade do consumo de gorduras saturadas (carne vermelha) pela mesma quantidade de gorduras polinsaturadas (como nozes e óleos de origem vegetal) para reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

Undefined

Dieta mediterrânica: portugueses abandonam padrões

Especialistas aconselham aumento do consumo de alimentos verdes.

Os portugueses estão a afastar-se dos padrões alimentares da dieta mediterrânica, considerada, em dezembro de 2013, Património Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). A culpa, dizem os especialistas, é do aumento significativo do consumo de carne e de gorduras animais, como manteiga e banha, que invadiram os mercados a preços muito acessíveis.

Undefined